Soluções Integradas para a Indústria de Panificação

Você tem que definir as tendências do mercado para conquistar clientes. A pressão de consolidação na indústria de panificação está levando ao desenvolvimento de novas abordagens. A tendência é para padarias industriais que produzem uma ampla variedade de produtos, por exemplo, pré-cozidos, produtos congelados ou de conveniência, em um único local.

Devido ao aumento da concorrência na indústria de panificação, todos os processos de produção devem oferecer o mais alto nível de flexibilidade - desde a produção de massa durante o processo de cozimento até a embalagem do produto acabado. Por exemplo, isto significa que - com base na massa - várias versões de um produto podem ser produzidos. Isto é possível graças a um único sistema, que controla e monitora todas as áreas semi-subordinadas ou com áreas de processo totalmente automatizadas e está conectado com o sistemas ERP via interfaces integradas.

Soluções de Automação Integrada com Plant iT

Plant iT é um sistema modular integrado com funcionalidades MES para áreas de processos na indústria de panificação. Esta característica específica da indústria combinada com a tecnologia de informação de ponta permite a transparência dos dados desde o operacional até o nível de planejamento em todas as fases de criação. Manufacturing Execution Systems (MES) fornece aos gestores de produção, novas oportunidades para uma visão geral com toda a cadeia do processo de entrega, desde a matéria-prima até o produto embalado. Essa maior transparência otimiza os processos, melhora a qualidade do produto, economiza energia e matérias-primas e aumenta a disponibilidade de máquinas e sistemas.

Várias empresas, como Auer Brot, Glockenbrot Bäckerei, Jowa ou Kerry, usam nossas comprovadas soluções de automação em suas instalações de produção.

Contato & informações

Sua pessoa de contato:

Bruno Pinto Gil
Managing Director, ProLeiT Automação Ltda., Brazil
Phone: +55 19 33747987

Leonard Mitranescu
Head of Sales, Food, ProLeiT GmbH, Germany
Phone: +49 9132 777 142

Solicite o pacote de informações da indústria:

Para o formulário de contato

Plant iT e a Panificadora Integrada

Entendemos as necessidades de panificadoras industriais, como o Plant iT pode cobrir todo o processo de produção desde a entrega da matéria-prima e armazenamento, através da produção de massa controlada por receita, integração da batedeira industrial, divisores de massa, fermentação, descanso e do estágio de cozimento e congelamento até embalagem e expedição. Em cooperação com os clientes, fornecedores de máquinas, a Universidade Friedrich-Alexander Erlangen-Nuremberg e da Technical University of Munich, definimos interfaces padrões para o processo e qualidade dos dados por tipo de máquina baseada na Weihenstephan Standards (WS Food), que foram usadas para perceber as necessidades específicas do cliente em relação à distribuição e registro de dados do processo e controle de qualidade de dados relevantes. Graças a este processo para definição de tendência, é, por exemplo, possível realizar avaliações integradas OEE (eficiência total da planta). Além disso, a coordenação dos controles de processo são habilitados para gravar todos os dados da máquina até a embalagem e mapear o fluxo de informações para as etapas individuais do processo.

Se você olhar dentro de modernas panificadoras industriais, muitas vezes você vai ver uma linha de produção composta por sistemas e máquinas de vários fabricantes com pouca ou nenhuma intercomunicação. Se os produtos de conveniência e congelados são produzidos no mesmo local como em grande parte das panificadoras padrões, não só o número de sistemas e máquinas, mas também a lista de fornecedores geralmente aumentam consideravelmente. Este sistema heterogêneo e cenários de máquinas são divididos em várias áreas de processo e, muito raramente totalmente automatizados ou conectados a um sistema de TI com alto padrão.

Embora muitos fabricantes de sistema e máquinas ofereçam soluções de informação sob a forma de sistemas SCADA, são muitas vezes limitadas aos seus próprios sistemas e, portanto, a uma área específica do processo, e não se destinam a uma linha de produção ou de toda a instalação da produção. A necessidade de um sistema de processo de nível superior se torna visível quando se considera a existência de expedição, sistemas de logística e armazenamento ou a produção de outros produtos. O fluxo de informação torna-se um fator ainda mais crítico para as áreas de produção que mapeiam um fluxo de trabalho com papel e caneta como o suposto chamado roteamento ou planilha de acompanhamento – uma típica fonte de erro para o rastreamento eletrônico de material.

Nosso sistema de controle Plant iT oferece a solução perfeita. Independentemente de quais sistemas e exigências existam, Plant iT pode processar as informações de todas as áreas de processo e assumir a gestão integrada do processo graças as interfaces definidas. Portanto, o Plant iT pode garantir o cumprimento da qualidade com as especificações da receita, o cálculo do consumo de material de acordo com a lista de ordens e rastreabilidade completa de todo o processo de produção em conformidade com os regulamentos legais.

Tecnologia de Processo para a Indústria Panificadora

Plant iT fornece a resposta para os desafios da indústria de panificação. As seguintes funções são partes integrantes do nosso sistema de controle:

  • Gerenciamanto de Pedidos
    Processo ou ordens de produção para os procedimentos: entrada de mercadorias, produção de massa, cozimento, embalagem, expedição.
  • Gerenciamento de Receitas
    Aceitação da listas de materiais e feedback de consumo em sistemas de ERP, mudanças de receita (nº de peças, quantidade de água, temperatura da massa) de uma ordem vigente, gerenciamento manual do componente e tempos adicionais durante o processo de mistura da massa na receita.
  • Processo orientado de gerenciamento de materiais
    Mapeamento do fluxo de material em todas as etapas do processo, gerenciamento de estoques de matérias-primas, materiais auxiliares e operacionais, provisões de materiais, antigos e aproveitamento de sobras de pães, lote e rastreamento do produto.
  • Gerenciamento de energia integrada
    Aquisição de dados e visualização estatística de energia com relatórios detalhados de consumo, feedback do consumo de energia para o controle de custo do processo, otimização do modo de funcionamento das reservas de energia
  • Qualidade e otimização da produção
    Conexão com sistemas de laboratório, distribuição de tarefas de processos de teste do controle de qualidade, aquisição de dados operacionais, figuras-chave OEE para panificadoras
  • Manutenção
    Ordens de manutenção, compras de peças de reposição - Almoxarifado dependente ou pedido ordenado, planejamento de projetos de manutenção e acompanhamento de processos, gestão de almoxarifado para peças de reposição com monitoramento de estoque mínimo

 

MES na Indústria Panificadora

MES (Manufacturing Execution System) e PCS (Process Control System) são muitas vezes vistos como dois sistemas separados em uma planta de produção. Plant iT impede essa separação comum. As interfaces desnecessárias e grupos de usuários duplicados são evitadas através da combinação de funções MES dentro do PCS para criar um sistema de TI. Isto fornece as bases perfeitas para processamento de informação integrado e aumento da eficiência de funcionamento do sistema, manutenção e reparos, bem como futuras extensões. As funções de MES e as partes do PCS podem assim serem vistos como um sistema de TI central. Esta é a razão para o desenvolvimento do sistema de plataforma flexível Plant iT, constituído por sistemas básicos e módulos para aplicação em várias áreas de uma planta de produção.

Um exemplo da perfeita integração entre as funcionalidades MES e do nível PCS de uma panificadora industrial é o módulo do Plant iT material. Uma vez que a disponibilidade de materiais (matérias-primas em geral, auxiliar e operacional) é de fundamental importância para panificadoras, o processo orientado para gerenciamento de materiais fornece dados em uma base permanente. Isto assegura rápidas decisões sobre a intervenção no ciclo do processo durante a produção. Um critério essencial para a qualidade dessas decisões é a atualização das informações sobre o estoque, a disponibilidade local e estado de qualidade dos materiais que são processados.

Portanto, o Plant iT garante a necessária integração de, por exemplo, assegurar a rastreabilidade e realizar optimização da receita dependendo dos parâmetros das matérias-primas. Matérias-primas recebidas com o respectivo fluxo de trabalho também são mapeados deste modo. Graças à transparência do grupo de produtos Plant iT, tempos de migração para projetos de renovação podem ser reduzidos a um nível mínimo. E os custos para medidas de requalificação são minimizados devido à infra-estrutura do sistema com objetos orientados.

Line management para linhas de Panificadoras e Fábricas de embalagens

Com Plant iT podemos fornecer um sistema de gerenciamento de linhas especialmente desenvolvida para a indústria de panificação que atende aos requisitos das seguintes áreas e processos:

  • OEE para panificação e linhas de embalagem
  • Relatórios gerenciais
  • Produto e rastreamento de lote
  • Visualização de linha e monitoramento do status da planta
  • "Weihenstephan Standards" (WS Food) para o fornecimento de dados e relatórios
  • Equipamento e processo de aquisição de dados através de interfaces de máquinas padronizadas (unidades de embalagem) desde a mistura da massa de pão até a embalagem

Eficácia do Equipamento - o que significa OEE para panificadoras?

Para panificadoras: OEE = transparência.
Figuras-chave do OEE mostram onde ocorrem perdas de produção. Analisam disponibilidade, a capacidade da planta e a qualidade das linhas de produção individuais enquanto se forma a base de todas as medidas de optimização.

Requisitos de norma específica para panificadoras foram integrados no PlantiT e podem ser apresentados como relatórios on-line em tempo real. As informações a seguir, entre outras coisas, avaliam os pontos:

  • As estatísticas de desempenho (por exemplo: tempos de utilização de todas as máquinas)
  • Estatísticas da energia (por exemplo: o consumo por máquina)
  • Análises de falhas (por exemplo: causa da paralisação)
  • Relatórios de manutenção (por exemplo: o horário de trabalho do pessoal de manutenção por máquina)