MES na Indústria Panificadora

MES (Manufacturing Execution System) e PCS (Process Control System) são muitas vezes vistos como dois sistemas separados em uma planta de produção. Plant iT impede essa separação comum. As interfaces desnecessárias e grupos de usuários duplicados são evitadas através da combinação de funções MES dentro do PCS para criar um sistema de TI. Isto fornece as bases perfeitas para processamento de informação integrado e aumento da eficiência de funcionamento do sistema, manutenção e reparos, bem como futuras extensões. As funções de MES e as partes do PCS podem assim serem vistos como um sistema de TI central. Esta é a razão para o desenvolvimento do sistema de plataforma flexível Plant iT, constituído por sistemas básicos e módulos para aplicação em várias áreas de uma planta de produção.

Um exemplo da perfeita integração entre as funcionalidades MES e do nível PCS de uma panificadora industrial é o módulo do Plant iT material. Uma vez que a disponibilidade de materiais (matérias-primas em geral, auxiliar e operacional) é de fundamental importância para panificadoras, o processo orientado para gerenciamento de materiais fornece dados em uma base permanente. Isto assegura rápidas decisões sobre a intervenção no ciclo do processo durante a produção. Um critério essencial para a qualidade dessas decisões é a atualização das informações sobre o estoque, a disponibilidade local e estado de qualidade dos materiais que são processados.

Portanto, o Plant iT garante a necessária integração de, por exemplo, assegurar a rastreabilidade e realizar optimização da receita dependendo dos parâmetros das matérias-primas. Matérias-primas recebidas com o respectivo fluxo de trabalho também são mapeados deste modo. Graças à transparência do grupo de produtos Plant iT, tempos de migração para projetos de renovação podem ser reduzidos a um nível mínimo. E os custos para medidas de requalificação são minimizados devido à infra-estrutura do sistema com objetos orientados.